comentar
publicado por Lisboeta1970-, em 10.01.13 às 20:53link do post | favorito

Hoje, na TDT, assistiu-se a uma audiência onde um gajo aparentemente da empresa Estradas do Oeste afirmou que um quilómetro de estrada com 4 faixas de rodagem (duas faixas num sentido, e as outras duas faixas no sentido oposto) custa cerca de quatro milhões de euros; ora 1 km são 200 automóveis em fila, ou seja, um automóvel tem cerca de 5 metros de comprimento, 200 x 5 é igual a 1000 metros. Ora 1 km dessa estrada custa o mesmo que os tais 200 automóveis em fila, cujo PVP do automóvel seja de vinte mil euros. Como pode um asfalto custar tanto, aquilo, que eu saiba, é feito de terra batida, alguma pedra cascalho, e alcatrão, e finalmente tinta branca de longa duração?

 

Os deputados são loucos, o estado português tem o dever de proteger a população residente em território nacional, e dá-lhes salário mínimo de 485 euros e pensões mínimas de 256 euros, e depois gasta 4 milhões por 1000 metros de estrada, as quais todos esses residentes nunca irão usar, porque não têm dinheiro para ter automóvel... Será que não saia mais barato andar tudo de avião e helicóptero de um lado para o outro?


comentar
publicado por Lisboeta1970-, em 01.05.11 às 00:05link do post | favorito

A PT informa, num anúncio, na TV (SIC e companhia), que a rede de fibra em Lisboa e Porto, implementada em 2010, é das melhores da Europa...

 

A estratégia da fibra deve-se a poder obtêr mais velocidade, mas, foi um mau investimento, porque a TMN, está a anunciar, no URL da TMN, que já está disponível, em Cascais, a rede 4G, a qual permite velocidades de 100 megas/s, a qual, no futuro, pode ser ainda maior.

 

Ora, a questão, é simples, se a TMN faz parte da PT, e se os directores da PT, já sabiam em 2010, que em 2011 chegava o 4G, para quê gastar tantos milhões em, fibra, e técnicos, e a estragar a paisagem urbana, com caixas de derivação e fios por baixo das varandas, e a furar paredes exteriores, para passar os cabos para dentro das habitações, se em termos de velocidade, será a mesma, com uma simples PEN de banda larga, podendo também o sinal de TV ser transmitido por esta forma...

 

Ou seja o 4G só tem pontos fortes, tipo, se uma habitação com 4G, vai de férias, leva o 4G, não tem de ter fios no interior da habitação, a TV não está presa à box, podendo ser levada para a cozinha, para o sotão, ou onde se quiser, tudo isto e muito mais, com um único ponto em comum, com a fibra, os programas, canais, e qualidade, são exactamente os mesmos...

 

Ou seja gastou-se milhões em fibra, para agora ficar no esquecimento, e ter um enterro lento e moroso... Venha o TGV que terá o mesmo fim, no presente do Japão e outros países desenvolvidos, usam o monocarril e o comboio levitado... Venha mais estradas que terá o mesmo fim, não haverá gasolina para todos, e os carros eléctricos não são trocados por carros a gasolina, mas dinheiro, o qual já não há.

 

É o enterro de Portugal e da sua república, a monarquia que descanse em paz, que agora vamos ter que levar com o socialismo, à moda da China...


mais sobre mim
Maio 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


pesquisar
 
blogs SAPO