comentar
publicado por Lisboeta1970-, em 08.10.13 às 20:49link do post | favorito

Os CTT em Portugal, e tantas outras empresas similares (CP, EPAL, etc.), são devedoras, o que é impossível, porque se fossem uma pessoa colectiva, teriam de cumprir com todas as suas obrigações e deveres; logo são entidades clandestinas, que funcionam a contratar PMEs para fazer a actividade económica que eles nunca fazem.

 

economico.sapo.pt/noticias/ctt-devem-cerca-de-60-milhoes-de-euros-aos-trabalhadores_178948.html

 

O cúmulo em Portugal é tal, que um habitante que não pague uma factura de fornecimento das águas, ou de fornecimento de electricidade, ou de fornecimento de gás, o fornecimento é logo cortado, e estamos a falar de facturas na ordem dos 50 euros, já os CTT devem 60 milhões de euros e nada acontece, o governo que resolva o problema! Será que podemos enviar as facturas por pagar para o governo, e o governo que resolva, tipo, junta-se todas as facturas com saldo devedor, do país inteiro, envia-se para o governo, e o governo que decida o que fazer!

 

E tais gestores e administradores ainda são considerados como modelos de gestão eficaz, o que é uma anedota, pois a eficácia é sacar o dinheiro dos CTT, para salários multi-milionários para enterrar o sector...


mais sobre mim
Outubro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

13
14
16
18
19

20
21
22
23
25
26

28
30
31


pesquisar
 
blogs SAPO
subscrever feeds