comentar
publicado por Lisboeta1970-, em 14.05.14 às 01:17link do post | favorito

O conceito que a liberdade é conseguida pela democracia só faz sentido nas mentalidades de gente parva, e doida (mesmo loucura instalada)...

 

Ora democracia, o povo a exercer o poder, só funciona, por exemplo, num estado monárquico, o povo mata os monárquicos e destrói os palácios e palacetes para acabar com a tirania... LOL A tirania e a barbaridade do povo não tem limites, e acusam o regime monárquico de tudo isso e mais alguma coisa. Geralmente o que acontece é que os monárquicos têm boas condições de vida, por vezes até luxo, e a inveja consegue moldar as mentes dos mais inconscientes levando-os a acreditar que estão a lutar pela liberdade, quando é apenas inveja, e uma tentativa de meter ao bolso tudo e mais alguma coisa!

 

Aliás onde é que já vi isto, parece que foi na ARTV onde setecentos e tal deputados mandam num país onde mais de metade dos eleitores não votou, ora se uma gajo não vota, não tem representante no parlamento, e se não tem representante no parlamento, não constituiu governo, logo nada do que tais representantes façam tem enquadramento legal com esse eleitor. Como existem livros de registo dos eleitores que cumpriram com a obrigação de votar, fica-se logo a saber quem não elegeu (ficando em dúvida quem votou em branco), ficando por esclarecer se tal eleitor se representa a ele próprio, ou nem isso quer!

 

Agora tal processo eleitoral nada tem de democrático, até porque se a população fosse o povo, não haveria baldas, pois o povo estaria a mandar em todo o processo, o que sobra eu, e muitos como eu, gente simples e humilde, que não manda em nada, logo não vota porque se votasse estaria a cometer fraude, fazer-se passar por membro do povo...


comentar
publicado por Lisboeta1970-, em 21.01.14 às 00:17link do post | favorito

O que se passa no parlamento da assembleia da república, é que os eleitos, deputados, e governo, e seus membros, e outros similares, de tal serviço público, é que todos eles tomam a liberdade de gastar o que é dos outros, seja bem penhorável, ou não!

 

O povo, a população, e similares residentes, do território nacional, tomam quase todos a liberdade, de chamar nomes a essa gente vil, de lhes bater, de se manifestarem, de tentarem partir todos os locais de reunião dessa gente vil!

 

A polícia, a GNR, e similares forças, tomam a liberdade, de malhar, de causar danos físicos, de causar danos morais, nos manifestantes, e similares, que tentam fazer oposição a tal regime!

 

O facto, é que todos são criminosos, pois tais liberdades, não são legais, ficando sempre o código penal em vigência, o qual não precisa de polícia ou juíz (e o cúmulo jurídico de muita dessa gente ultrapassa os cem anos), tudo porque a todos lhes faltam a capacidade e competência para conhecer o enquadramento legal dos diplomas, e usam essa ignorância para aplicar os diplomas a seu bel prazer, a torto e a direito, sem consideração pelo princípio geral que tais legislações, todas têm.


comentar
publicado por Lisboeta1970-, em 25.04.13 às 17:00link do post | favorito

Neste dia, onde os pulhas da sociedade portuguesa aproveitam para celebrar a liberdade do poder da acção, onde tentam impôr ao povo e a toda a população nacional a sua incapacidade para serem autónomos e se contentarem com aquilo que têm...

 

Sim, porque a copcon, e outras marcas, atribuídas aos lutadores da revolução, não passam de balelas escritas em papel, e que são usadas pelos pulhas, dos quais o maior será o próprio Cavaco Silva (alegado PR), mas, não passam de drogados, com mentalidades criminosas, que tiram prazer em conspurcar a bandeira que representa a história monárquica do país!

 

Cambada de fascistas que passam o tempo a atacar aqueles que não têm enquadramento legal com a sua política, impondo regras gerais, e aceitando declarações daqueles que nada têm desses governos, chamando aos lucros gerados por tais actos, receita extraordinária!

 

O facto é que muitos clandestinos, são afinal pessoas sem enquadramento legal, e como tal isentos. Mas, o clandestino é aquele que faz tudo à sua maneira, sem respeito e consideração pelos regulamentos, mas, se estiver isento, não pode ser considerado clandestino, mas, se não estiver isento e quebra os regulamentos é um criminoso, mas, se não tem nada dos governos e apenas vive pelas suas próprias criações, que direito têm os fascistas de lhe derrubar a casa, e destruir toda a sua agricultura, apenas porque não apresenta documentos de isenção... E ainda por cima aplicam-lhe coimas e ficam com o dinheiro e bens nos seus bolsos! Pulhas.

 

Agora se alguém deixa a sua autonomia e faz ligações clandestinas, à rede de esgotos, despejando a sua sujidade ilegalmente, sem tratamento, ou à rede eléctrica, e faz proveito do trabalho dos outros governos, aí aceito a acusação de criminosos, caso contrário, será sempre o fascismo, de muitos, a subjugar aqueles que escolhem por viver às suas custas, usando a sua força, e astúcia, para providenciar as suas próprias necessidades.


comentar
publicado por Lisboeta1970-, em 25.04.12 às 21:33link do post | favorito

Tantos dias, disto, daquilo, e acoloutro, e hoje calhou-me o dia da Liberdade. Só não há é dia das Verdades, então é que era vêr a lista do Pai Natal aumentar com tanto traquinas que existe nesta, abandonada, província espanhola, a quem chamam Portugal. Mas, espera aí, se existe dia das Mentiras, a 1 de Abril, quer dizer que todos os outros dias são dia das Verdades (safa estava a vêr que a Verdade não tinha dia)... Mas, espera aí, se só há um dia das Mentiras e os outros dias são das Verdades, então, se só há um dia da Liberdade, quer dizer que os outros dias são da Proibição...

 

Hoje o povo, tem o costume de cantar, "somos livres, somos livres", mas apenas livres um dia por ano, o resto do ano é a escravatura (sempre a vêr o dinheiro ganho ir para as taxas)!

 

Bolas, nasci em Portugal, uma prisão a céu aberto!

 

Proibido fazer isto, proibido fazer aquilo, proibido fazer acoloutro...


mais sobre mim
Maio 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


pesquisar
 
blogs SAPO