comentar
publicado por Lisboeta1970-, em 19.01.15 às 18:02link do post | favorito
É nazismo mesmo, e eu bem queria dizer que é nazismo por essa Europa fora, mas, é mesmo por esse mundo fora. É tanto socialismo, seja à esquerda, seja à direita, a diferença não afecta que seja socialismo, e socialismo da treta, e eu não tenho nada contra o socialismo, o socialista é que olha para mim e vê o seu inimigo, o rei de Portugal, ou seja, eu, eu sou o rei de Portugal, não que eu seja o rei mesmo, mas, se fossem verificar quem foi meu pai, e o pai dele, e o pai do pai dele, e séculos e séculos de quecas mal dadas, verificavam que eu sou o descendente do rei (do verdadeiro rei de Portugal), e o socialista vê isso quando olha para mim, a grandeza do meu coração, a bondade do meu ser, a ternura do meu corpo... LOL... Acho que estou infectado, acordo cheio de medo, tenho momentos de visão turva, mania das grandezas (o rei sou eu), enfim todos os sintomas de doença, a sífilis. Mas, o que fazer? Se vou ao hospital apanho uma seca de mais de seis horas à espera sentado numa cadeira de plástico, se vou ao centro de saúde dizem que estou bom, deve ser dessa gripe maldita que anda por aí, e graças ao socialismo é tudo de borla, ou seja, não pago nada para estar numa sala sentado durante horas à espera que um gajo qualquer me dê um papelinho para marcar consulta na especialidade de dermatologia, e é isto que quero frisar, o gajo da triagem, da urgência do hospital, já sabe que vou estar à espera de nada, pois nem um exame será feito, nem uma gota de sangue, nem urina, nada... Sou pobre e o hospital é governado por socialistas, e se tivesse dinheiro saia de lá sem um rim, não que seja necessário extrair o rim quando se está com sífilis, mas, porque teria dinheiro para pagar a operação, qualquer operação, desde que fique sem algo e ainda pague por isso. E agora até é notícia que a Hepatite C tem cura, mas, para quem tenha mais de cinquenta mil euros, pois esse é o preço dos comprimidos, e no Egipto a mesma caixa de comprimidos custa cerca de mil euros, ou seja logo aqui temos uma inflacção directa num medicamento superior a, 10x, 20x, ou mais, o que é estranho num país socialista e serviço nacional de saúde socialista... Onde pode um gajo a morrer com Cirrose, arranjar cinquenta mil dele, o gajo é um bêbado, se tivesse cinquenta mil, bebia-o todo... E depois vão tratá-lo com cinquenta mil do estado (mas estados existem muitos, nomeadamente, estado novo, estado maior das forças armadas, estado português, estado social-democrático, estado cruz vermelha, estado santa casa da misericórdia, estado UNICEF, etc.), e o gajo para comemorar o facto de estar curado, bebe um copito (ou dois, ou três), até que um ano ou dois, depois fica novamente cheio de Cirrose!

Mas porque raio quer o nazi do Coelho que eu esteja horas e horas sentado numa cadeira de plástico, numa sala, cheio de outro doentes? Não é isto um problema de saúde pública? Um gajo entra na urgência com febre e quando chega a casa está cheio das doenças contagiosas dos outros; pronto para infectar os filhos, e esses levarem aquele contágio para a escola, e nunca mais acaba a transmissão... O facto é que o Coelho não tem dinheiro para tratar os doentes de Cirrose, e até não é muito dinheiro, pois tal quantia não chega nem para comprar um pequeno avião a jacto, o que informa tudo e todos que o Coelho (o governo ou similar) é um pelintra, e os pelintras não governam, vigarizam os outros numa tentativa de ficar com o dinheiro dos outros. Se fosse ao contrário, já teriam efectuado arresto de bens, para cumprir com as obrigações, etc., e assim.

Será isto a igualdade do socialismo, ou seja, se um está doente, todos têm de estar doentes, mas, se um está rico, já não é igual para todos, porque o socialismo, não quer que sejam todos ricos, não quer que sejam todos livres, não quer que todos estejam seguros (todos os dias centenas de viaturas são furtadas aos legítimos condutores, todos os dias centenas de casas são arrombadas e furtadas, etc.).

Agora é simples ir para a cadeia, se formar um grupo de terrorista, tem vinte anos no hotel prisional, onde o sol é aos quadradinhos, e eu penso, porque um sem abrigo prefere dormir no chão da rua, se podia estar na prisão, com três refeições por dia, roupa lavada e cama com colchão... É só juntar dois ou três e ameaçar um palhaço qualquer do governo, ou similar, sem esquecer de usar um belo turbante feito de trapos velhos.

O socialismo no seu auge da decadência, na sua miséria onde o pobre é obrigado a usar a roupa que o rico já não quer, e depois do pobre vem as massas, que levam com o vestuário todo do socialismo, e após nova pintura está pronto para mais uma temporada; e até há empresários que dão-se ao trabalho de reciclar tudo, transformando primeiro em novo fio, e depois em rolo de tecido; mas, não deixa de ser usado (em decomposição acelerada)...

A mim não me apanham os nazis, mas, passo a vida rodeado por eles!

mais sobre mim
Janeiro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


pesquisar
 
blogs SAPO