comentar
publicado por Lisboeta1970-, em 12.12.13 às 16:09link do post | favorito

Esta gente das, repúblicas, geralmente, pessoal dos, hospitais, militares, guardas, polícias, pensam que são Deus.

 

Na realidade esses locais, hospitais, quartéis, postos, esquadras, são pequenos campos de concentração, onde uns tentam matar os fracos, mas, como os fracos não morrem mandam-nos para fora, para espalharem a doença, nos outros casos libertam os violentos, para, roubarem, matarem, destruirem...

 

A questão se são Deus, é difícil de provar, mas, na minha opinião se fossem Deus, seriam a besta do Apocalipse, e tal besta é o homem que se assenta no trono de Deus, ora, para analisar tudo isto, seria necessário saber o que é um trono, e se o trono fôr a cadeira do rei, alguém que se assente nessa cadeira não passa a ser rei, continua a ser o que é, apenas pode levar os outros a pensarem que ele é o rei, porque está no trono; eu acho que não são Deus, colocando o trono e outras histórias à parte, sobra o homem, e um homem não mede 1,80 m, um homem não é vencido por feras (leão, urso, águia, etc.), um homem é um ser magnífico, com capacidades quase sobre-naturais em comparação com o comum mortal das cidades, os quais, podem tornar-se homens, se souberem o que fazer para lá chegar (existe uma estátua de um homem na praça do Comércio, no telhado por cima da rua Augusta)...

 

Homens, nos, hospitais, quartéis, postos, esquadras, etc., não há.

 

Pelo que tenho que concluir, que são os escolhidos, que estão nos, hospitais, quartéis, postos, esquadras, e eles pensam que ser escolhido é estar acima dos outros não escolhidos, que é por isso que os tratam mal (a minha pessoa é a prova viva disso, pois quando estive no quartel no cumprimento do serviço militar obrigatório, após me quererem impingir uma carreira militar, a qual recusei, fui envenenado e operado de urgência no Hospital Militar da Estrela). Mas, são escolhidos para morrerem, e morrerem em campos de concentração, e só não são mortos imediatamente, porque lhes contam sempre a mesma história, estão à espera que os outros escolhidos se juntem a eles, e essa mesma história, é a razão porque os escolhidos não matam todos os não escolhidos, porque podem estar os futuros escolhidos no meio dos não escolhidos. Ora isto são as tretas que lhes contam, eles não são mortos porque precisam deles para, prender, roubar, matar, destruir, mentir, e não são mortos porque o resultado pretendido é a morte de todos os habitantes, e não apenas de alguns, que é por isso que são gastos tantos recursos em desenvolvimento de bombas de átomos, pois o que pretendem é destruir todo o planeta, não tendo ainda a bomba que o consiga, pois basta escapar uma minhoca para começar tudo de novo.

 

A velhinha e eterna luta entre o bem e o mal.


mais sobre mim
Dezembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
13
14

16
17
18
19
21

22
23
24
25
28

29
30
31


pesquisar
 
blogs SAPO