comentar
publicado por Lisboeta1970-, em 15.10.13 às 01:12link do post | favorito

A população que vota, faz tal acção em consciência, mas será que têm consciência que:

 

1. Querem obrigar todos a pagar pelos crimes e actos dos outros, ou seja, um casal têm um bebé, depois vendem-no para comprar droga e álcool, e a criança depois de ser maltratada sexualmente durante anos acaba abandonada nalgum asilo, e todos vão ser obrigados a pagar pela sua educação e alimentação e estadia até ser considerado apto a ser independente (isto é triste para a criança, mas, um terror para quem nada contribuiu para a situação).

 

2. Depois o estado sabe destas situações, tem os indivíduos referenciados, mas, continuam à solta, e nem sequer são obrigados a indemnizar as vítimas, o que leva ao big brother.

 

3. O big brother é uma cadeia de vigilância por câmara de vídeo em lugares públicos e privados!

 

4. A TVI coloca vários programas deste tipo, onde o privado é visionado 24 horas por dia, mas, mesmo assim os crimes são praticados e nunca revelados pelas câmaras de vídeo, e no caso deste Casa dos Segredos 4, onde os concorrentes têm ligações a Chelas, tendo todos mais de quarenta anos (gajos e gajas), e o Lourenço que é mulher não consegue ser identificado, e sempre se vangloriou em Chelas de ter praticado vários homicídios, e o Thierry que tem uma lista interminável de queixas contra ele por agressão (especialmente dentro da discoteca Alcântara-Mar, e talvez Alcântara-Terra), e o João que é o homem dos sete ofícios, pois agora é barman, mas, entre 1993 e 1995 era motorista da CARRIS (ou provàvelmente andava a praticar assaltos na CARRIS); será que a TVI está a preparar os espectadores para a vídeo-vigilância, ou está a gastar os milhões que seriam para implementar o big brother em Portugal, ou Chelas quer implementar o sistema e mandou os seus meninos e meninas fazer o curso big brother...

 

5. A questão da população votar tem mesmo com isto, anda meio mundo, a comer o outro meio mundo, e querem obrigar todos a pagar tudo, desde, eleições, hospitais, transportes, etc., quando a população nem sequer tem água para beber que não lhe cause doenças no aparelho digestivo, nem sequer tem cuidados primários e básicos, é tudo aldrabado e estragado porque não pagam por fora...

 

Ou seja, eu tenho o direito de resistir e de não querer participar nesta cambada de animais selvagens a que chamam Portugal, onde ninguém é respeitado e tudo, mas mesmo tudo, é construído e concebido para causar danos a todos os que frequentem tais locais.

 

As estações de tratamento dos esgotos continuam a estar em zonas residenciais, e o cheiro chega a viajar mais de 30 quilómetros, nos dias ventosos, enchendo o ar a 30 quilómetros de um fedor insuportável.

 

Portugal, onde em 40 anos de democracia da treta nunca se ouviu um cabrão de um ministro dar uma boa notícia, é sempre não há dinheiro, tudo vai ficar mais caro, vão ter que pagar o vosso e o meu pois eu nunca vou trabalhar, a economia do estado está em recessão, etc.; isto é muito estranho, os anos passam, e a lenga-lenga não muda. E a população continua a votar e a eleger esta forma de governar!

 

Das duas uma, quem vota, não trabalha, e vive às custas dos outros, ou são masoquistas e gostam de ser pisados e maltratados (desde beber mijo com gosto a cerveja, a comer carne velha, a viver em habitações velhas, etc.)...


mais sobre mim
Outubro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

13
14
16
18
19

20
21
22
23
25
26

28
30
31


pesquisar
 
blogs SAPO