comentar
publicado por Lisboeta1970-, em 27.08.13 às 22:33link do post | favorito

O senhor é aquele que manda, por isso, diz o povo, és senhor do teu nariz...

 

A questão é que, o senhor, ou senhorio, manda, não é algo opcional que o visado, obedece se quiser, ou seja, ele manda, e o visado executa, sem sequer perceber que está a obedecer a uma ordem de outrém...

 

Isto do senhor, tipo robot, seria o ideal para aplicar aos criminosos e amigos do alheio, incluindo, os guardas, e polícias, e militares, e outros que tais, que querem mandar no que é dos outros, com recurso às armas de fogo! Tipo, um gajo tinha uma lanterna com uma lâmpada super especial, e apontava-se ao intruso, e zás, o gajo ficava em modo robot, a repetir continuamente, vocalmente, "aguardo as suas instruções senhor"! Assim, acabava-se com a criminalidade no mundo, pois os criminosos andavam todos a toque de caixa, a marchar de um lado para o outro, até os seus donos lhes darem novas ordens! E também acabava-se com, as prisões, e tribunais, e advogados, pois a justiça era executada na altura da ocorrência. Depois, assim que se verifica-se que o criminoso já tinha pago, com serviços de mão-de-obra, o estrago, ou ofensa, ao seu senhor, levava com uma pulseira que anulava o modo robot, e ficava em quarentena por algum tempo para analisar o seu comportamento e futura reintegração na sua rotina diária...

 

Pode parecer fantasia, mas, o facto é que há relatos e estudos, de substâncias, geralmente usadas pelos militares, que provocam o desejo constante no soldado, de matar o alvo, e também muitos toxicodependentes, testemunham, que quando ficam a ressacar, por abstinência de droga, ficam com um desejo descontrolado de arranjar dinheiro para comprar mais droga... Estes testemunhos dos toxicodependentes é algo estranho, pois, segundo tais relatos, o desejo nunca é por droga, mas, sim por dinheiro, o qual é gasto imediatamente em droga... O mesmo acontece aos alcoólicos, os quais chegam ao extremo de deixar de comer e pagar as contas, para gastar tudo em vinho...

 

No fundo, a questão, é o que provoca tais desejos descontrolados, e pensamentos fixos, num objectivo, é algo fascinante, e ao mesmo tempo assustador.

 

É minha convicção que um dos maiores crimes actuais, em Portugal, contra o corpo humano alheio, é a extracção de orgãos e outras partes do corpo humano, sempre efectuado por indivíduos que procuram dinheiro para, a sua rotina diária e luxos, chegando tais indivíduos, a raptarem crianças e adultos, com o propósito de extrair, ou pagar a quem faça a extracção, para colocar tal parte do corpo humano numa caixa de esferovite, cheia de gelo, e vender a quem o encomendou... Aliás, sempre que vejo, um deficiente motor, ou deficiente mental, o qual ficou assim sem ser, por acidente de viação, ou similar, tenho quase a certeza que o que aconteceu foi que lhe retiraram, ou múltiplos orgãos, ou algo similar, causando espasmos cerebrais e assim, os quais se manifestam por impossibilidade de, movimentar-se, ou falar, etc.; tudo isto para que, o seu pai, ou mãe (sim, os bebés também para outros bebés filhos de ricos), ou raptor, ou burlão (o qual o engana com falinhas mansas, tipo médico e assim), consiga receber cinco ou dez mil euros!

 

Quem será o senhor desses pulhas?


mais sobre mim
Agosto 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
20
22
24

26
28
29
30


pesquisar
 
blogs SAPO