comentar
publicado por Lisboeta1970-, em 05.07.13 às 23:08link do post | favorito

Posso estar errado, mas, o facto é que no último boletim de voto, não estava lá nenhuma cruz destinada a uma coligação entre o PSD e o CDS...

 

Ou seja, sempre que houve coligações, tenha sido, a AD, ou a CDU, sempre esteve no boletim de voto essa escolha de voto, agora fazer coligações depois dos resultados eleitorais estarem apurados, leva qualquer um a questionar, a legalidade do processo eleitoral português, e a legalidade do parlamento da assembleia da república.

 

Ou seja, em última análise, como o povo não votou governo de coligação, não devia existir governo de coligação, e logo não existe governo de coligação, o que só pode significar que a coligação é uma fachada para burlar os direitos dos que trabalham.

 

O governo legítimo seria um governo parlamentar, onde a abstenção tivesse peso, e resultasse em lugares vazios no parlamento, e o resto seria preenchido pelos deputados eleitos por cada partido, os quais governariam em função da votação parlamentar da assembleia da república...

 

Ou seja, o facto da bancada do PSD, e da bancada do CDS, votarem por acordo as mesmas leis, não significa que seja aceite em termos legais, e que signifique a existência de um governo de coligação.

 

Em Portugal nem a democracia é respeitada, que cambada de pacóvios, que desde que nascem até que morrem, passam a sua vil existência a conjurar formas de ficar com as riquezas alheias. Porra que país é este?


mais sobre mim
Julho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

15
17
18

21
23
24
25
27

30
31


pesquisar
 
blogs SAPO