comentar
publicado por Lisboeta1970-, em 05.06.13 às 20:33link do post | favorito

Se as leis e regulamentos gerais não existissem, o povo faria condições contrato a contrato.

 

Então porque teimam os governos em regular e controlar as acções dos indivíduos e colectividades e multinacionais? Para enriquecer, nomeadamente os agentes que fiscalizam tudo e todos...

 

Cada coima tem um valor absurdo, desde uma simples infracção de trânsito, até aos documentos ou licenças em falta, tudo o que seja, considerado infracção sem recurso a violência ou crime, tem geralmente uma boa percentagem do salário mínimo nacional. Ou seja, quem tem dinheiro faz o que bem lhe apetece, e quem não tem dinheiro não faz nada, pois à multas para tudo e mais alguma coisa...

 

Depois tais agentes, e até mesmo os deputados, são pagos e aplicam coimas em UC, que é uma moeda inexistente, mas está indexada a 1/4 do IAS, o que tudo indica que, no caso dos deputados, foram expulsos do euro, e inventaram a UC, para ganharem 13 ou 14 UC, e assim, em vez de ganharem 13 ou 14 euros mensais, ganham mil e tal euros...

 

Se houvesse verdadeira democracia, eles, os agentes, não estariam interessados em euros, mas, em UC, seja lá o que isso seja, e também qualquer cidadão podia anular qualquer lei, declarando que não pretende cumprir com tais regras, pois não lhe agrada tal condição na sua forma de estar na cidadania!


mais sobre mim
Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
14
15

16
17
18
20
22

23
24
26
27
29

30


pesquisar
 
blogs SAPO