comentar
publicado por Lisboeta1970-, em 09.05.13 às 00:16link do post | favorito

Só mesmo cá, Portugal em plena falência, e o que o governo decide, pagar espelhos para espiar estrelas e galáxias, ou seja, cheios de dívidas e o governo quer que os nossos cientistas estudem algo que não interessa para nada, e que ainda por cima, só estará operacional em Outubro de 2022.

 

Santa estupidez, e o Nuno Crato, lunático mor, que pensa que sabe matemática, quando o que lhe ensinaram foi a arte das contas, a qual tem o nome de contabilidade, ou seja, a habilidade de fazer contas, pois se soubesse matemática, a qual não se nasce a saber, aprende-se (se alguém lha ensinar), já teria percebido que não há cá cientistas, mas, inventores, do tipo do desenrasca.

 

Porra, gastar 1083 milhões de euros na construção e implementação do E-ELT, apenas, para conseguir receber luz a grandes distâncias, leva qualquer um a questionar a sanidade dessa gente.

 

O problema social é que essa gente não tem 1083 milhões de euros, mas, vão gastar 1083 milhões de euros de todos nós... Como se mete essa gente na prisão (antes de gastar os mais de mil milhões)?

 

expresso.sapo.pt/portugal-adere-ao-projeto-do-telescopio-optico-mais-poderoso-do-mundo=f805619#ixzz2SjIOfnx3

 

www.eso.org/public/archives/books/pdf/e-elt_constrproposal.pdf


mais sobre mim
Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
15
16
18

20
22
23
25

26
27
28
30


pesquisar
 
blogs SAPO