comentar
publicado por Lisboeta1970-, em 30.04.14 às 00:34link do post | favorito

Estas histórias que todos já ouviram contar, que Portugal perdeu as colónias, e que os retornados vieram para Portugal, não passa de grande mentira dos nazis.

 

A história demonstra que os nazis estiverem fortemente presentes em África, e se os campos de concentração na Alemanha acabou em genocídio, porque havia de ser diferente em África, especialmente aglomerados populacionais em lugares remotos, tais como as colónias portuguesas, as quais se existiram, muitas delas seriam postos de comércio, mas outras seriam autênticas prisões, onde colocavam os criminosos nacionais...

 

Ou seja, tenho quase a certeza que tais colónias foram dizimadas pelos nazis, até porque muitos fugiram quando a guerra acabou, e que melhor lugar que lugares remotos em países ocupados, desde os países africanos, aos países como a Argentina, enfim quanto mais longe melhor!

 

Com o passar dos anos e por volta dos anos 60 e 70 começou o retorno dos tais portugueses, o que na minha opinião aconteceu tudo ao contrário, ou seja, Portugal não teve guerra colonial em África, foi é invadida por nazis provenientes das colónias, os quais chegaram armados com G3, e assim teve início a implementação dos quartéis de militares, e passados uns anos, em 1974, invadiram Lisboa, até aos dias de hoje, sendo por isso que Portugal não tem estruturas e fundamentos que protegam a população, sendo tudo feito pelos próprios familiares que se ajudam entre eles, e assim...

 

Aliás tudo, desde, hospitais, a escolas, acabando nos centros comerciais, basta visitá-los para verificar que tudo é controlado por seguranças, os quais são gente sem educação ou habilitações para lidar com situações comuns, tais como furtos em lojas, o que acaba sempre em abusos de poder, dignos de queixa nos tribunais de guerra devido ao uso de gás ou armas eléctricas. O facto é que os seguranças desconhecem que as lojas têm seguro contra tais ocorrências, e também existe seguros para que os pais possam proteger os seus filhos das suas acções danosas a terceiros, ou seja, de que serve adquirir seguro para proteger toda a família, para as situações de causar danos a terceiros, se os seguranças, que nem são os prejudicados, nem têm base legal para incomodar qualquer um que seja responsável por actos indignos (mais comuns nas camadas jovens), acabam por castigar o infractor! Esta violação das regras do comércio, por parte dos intervenientes, não é regulada por seguranças, mas, sim pelos próprios e pelos seguros que cada um adquiriu. O resto é abuso de poder e nazismo puro; tudo fachada e às escondidas, pois chegam a levar as pessoas para salas privadas; bastava identificar e mais nada, e para identificar pode ser feito em local público.

 

Os nazis voltaram de África, não para Portugal, mas, sim para a Europa, usando Portugal como base militar, e agora é o que se vê, tudo e todos sem apoio do estado, vivendo às custas das suas próprias capacidades, e os que acabam doentes, muitas das vezes atacados pelos nazis, sem que percebam o ataque constante, acabam a receber pensões tão baixas, que até chegam a contar euros antes do fim do mês!


comentar
publicado por Lisboeta1970-, em 29.04.14 às 00:46link do post | favorito

Porra que o governo até no jogo é batoteiro, então um sorteio onde sai um número que nem é o número da factura, nem é o número do contribuinte, só pode ser aldrabice, mas, a questão principal é, porque se ganha um automóvel Audi, em vez de dinheiro, ou uma montra de electrodomésticos, ou uma mobília completa, etc., o que tem os carros de especial? Estou virado com esta...

 

O número é uma referência da AF dada a cada factura, ou seja, pode ser trocada fàcilmente por quem tenha acesso ao registo das referências, e é só alterar a referência para uma factura sua, ou de um primo, etc., porque neste sorteio os familiares dos funcionários da AF também podem ganhar!

 

Depois, segundo a notícia, vão ser gastos 10 milhões de euros nesta treta de sorteio, até porque muitos contribuintes não têm licença de condução, logo, para que querem um carro, para passar a pagar IA?

 

www.jn.pt/PaginaInicial/Economia/Interior.aspx?content_id=3667043

 

Além destes 10 milhões de euros, mais o que a AF gasta em, folhetos de informação ao público, publicidade, mais o sistema de internet para registar tudo e mais alguma coisa, é de admirar que ainda sobre dinheiro para pagar salários e pensões!

 

Onde estes malucos vão buscar 10 milhões de euros para andar a fazer concorrência à Santa Casa e às Tvs que sorteiam dinheiro e carros a toda a hora? Só faz sentido se os carros são usados, ou seja, Audis do estado alemão, ou até de Portugal, os quais são comprados com dinheiro dos contribuintes, depois sorteados e entregues aos contribuintes premiados, porque, assim ganham duas vezes, porque vendem os carros que iam para a sucata (devolutos), e livram-se dos gastos que iria custar essa operação de abate de tais carros!

 

E eu a pensar que era crime, e enriquecimento ílicito, ganhar riqueza ao jogo (sou mesmo azarado)! Raios só agora é que percebi que se pode ganhar coisas, e eu a pensar que só se podia ganhar a trabalhar, alguém se esqueceu, de escrever na constituição, que se tem direito a ganhar coisas sem trabalhar... Ai que vou andar a pé até morrer!


comentar
publicado por Lisboeta1970-, em 28.04.14 às 00:16link do post | favorito

Em Portugal, o golpe militar que derrubou o governo de Salazar, não resultou em Democracia, e também, diga-se, não faz cá falta nenhuma!

 

O que existe desde o famoso golpe militar dos cravos no 25 de Abril, é um regime socialista, cujo único objectivo é mantêr quartéis e escritórios e similares, cheios de funcionários públicos, sejam, militares, sejam civis, que vivem às custas do trabalho dos outros, e das fábricas automatizadas... Ou seja, fazem o que fazem, o dia todo, sem ter clientes ou adquirentes, e no fim do mês recebem o salário. O resultado do trabalho desses funcionários, é sacar aos que trabalham o resultado do seu trabalho, o que não faz sentido, porque também tais funcionários seriam capazes de produzir o que os outros produzem. É afinal uma questão moral, tais funcionários apenas fazem é emitir dívida em nome dos outros, sem que tais trabalhadores tenham requisitado tal serviço, e ainda, lhes diminuem as retribuições, ficando com grande parte do seu salário ilíquido. Tudo para que pareça que vivem às custas dos outros, para que sejam (se sintam) superiores!

 

Ora, as taxas, são implementadas com o propósito de salvar certos serviços da falência, como no caso do tabaco, como é um produto causador de doenças respiratórias, é taxado para que tal taxa seja aplicada em medicamentos e serviços de saúde que anulem os efeitos negativos do tabaco. Pessoalmente, acho que o tabaco em nada prejudica a saúde, mas, como tem poder sobre certos organismos parasitas do corpo humano, os quais acabam por morrer e causar danos graves ao corpo humano hospedeiro. O governo taxa o tabaco, mas, nada faz para salvar os corpos humanos cheios de parasitas, até porque muitos parasitas estão na água que tal governo fornece à população, e não faz sentido querer anular os parasitas quando estes fizeram parte do fornecimento; seria admitir que a água é suja, e contaminada. Na realidade é assim mesmo que tem de ser fornecida, para que morram lentamente os que ousarem se lavar com tal água, ou os mais corajosos que a bebam. Depois, tais taxas, no caso do tabaco é para ser gasta no tratamento das doenças respiratórias, e nunca para pagar a dívida pública; o mesmo se aplica, à taxa do IRS, à taxa do IVA; o que faz o governo divulgar mentira, atrás de mentira, sempre que aumenta impostos, pois nenhuma taxa existe que seja para pagar a dívida governamental (pública, externa, etc.)! A mais escandalosa é a que as pensões vão passar a ser indexadas ao crescimento económico e demográfico, mas, teria que ser ao crescimento económico europeu, pois o Euro, tem o mesmo valor seja em Portugal, seja em França, em termos de câmbio, ou seja, um francês compra os mesmos dólares que um português, que gaste a mesma quantia monetária; esse malandro do Coelho sempre a meter ao bolso!?!

 

O Euro, e a união europeia, não faz sentido, porque tais governos, nada produzem, e o dinheiro que imprimem não tem valor, sendo apenas algo que é usado para mantêr a população controlada, e ao mesmo tempo ter criados para tudo e mais alguma coisa (vagina e ânus é o que mais se vende neste país socialista).

 

A democracia se existisse em Portugal, seria como nesses países árabes, onde tudo está esburacado com balas, e ataques de bomba, porque a democracia, assim que os cavacos e coelhos deste mundo as descobrem, deixam de ser democracias, e passam a regimes socialistas (quadrilhas de malfeitores)...

 

Os tribunais, e regulamentos, e burocracias, tais como notários, é tudo himalaias de perda de tempo, pois em Portugal, funcionam a dinheiro, ou seja, qualquer um disposto a gastar o valor de uma casa nova, consegue realizar o seu desejo, onde a justiça não existe. Ou seja, consegue-se ser o legítimo titular do proprietário sem que tenha pago ao anterior dono por essa aquisição, ou até mesmo, mandar alguém para a prisão (é tudo uma questão de ter dinheiro falso suficiente)! Existe muito ladrão que fica com o que é dos outros, e todos sabem que é roubado, mas, nada conseguem fazer para devolver tais coisas porque tais ladrões mandam em tudo e todos...

 

Aliás gente má, com poder, têm dinheiro, e sempre pela força da violência, a trabalhar é que não existe nenhum, e se parece que existe, é porque é fachada...


comentar
publicado por Lisboeta1970-, em 25.04.14 às 20:14link do post | favorito

Liberdade nunca houve, nem nunca haverá...

 

O que há é certas regras que deixaram de serem punidas. Antes, não havia liberdade de expressão, nem havia liberdade de haver demonstração de beijos e apalpões na via pública, etc., mas, agora a PIDE chama-se EMEL e a liberdade de estacionar o veículo é premiada com uma coima com valor significativo (vários almoços)! Aliás as polícias fazem profissão de viver às custas dos abusos dos outros e sempre sem aviso educativo, mas, resultando sempre em punição monetária (o Patinhas em Portugal não se safava e tinha que meter os sobrinhos do Donald na escola pública).

 

O fascismo, ou melhor, o negócio de mandar no que é do outros continua, o que mudou foi o manda-chuva...


comentar
publicado por Lisboeta1970-, em 21.04.14 às 00:56link do post | favorito

Nós, os Ibéricos, descendentes dos povos de, Castela, Aragão, Leão, e Navarra, já lutamos há séculos, e é tanto cabrão a querer nos matar que já chateia...

 

Desde que os nazis começaram a treta da arca de noé, e mais a sua estúpida raça ariana, que estamos sempre a levar com a urina e fezes dos zeppelin (rt.com/news/aeroscraft-revolutionary-airship-cargo-187), sempre a voarem neste território, muitas das vezes dentro das nuvens, as quais são, na realidade, aeronaves!

 

Agora até têm fatos, que não passam de corpos falecidos, que eles ou fazem cópias de pele e cabeleireira artificial, ou estão avançados na robótica, e usam os cadáveres, para os embalsamar, e colocar crianças (das nazis, e, ou clonadas, ou provetas do esperma dos antepassados) dentro desses cadáveres a controlar tudo...

 

Aliás, é pena é a Rússia estar bem longe, pois lá é que sabem o que os comunistas e socialistas são capazes. Aqui, aproveitávamos o facto, da Crimeia ter decidido fazer parte da Rússia, e o, Minho, Beira Alta, Beira Baixa, Alto Alentejo, Baixo Alentejo, e Algarve, passavam a pertencer à Espanha, e Portugal ficava com o resto, limitados às terras entre Lisboa e Porto (em linha recta), pois Portugal quer-se bem pequenino, pois a mentalidade nazi é muito comum por estas bandas, e à que controlar esses maluquinhos da suástica, seguidores da bíblia dos alemães (www.suapesquisa.com/biografias/lutero)...

 

O vaticano já nem existe, pois aquele papa Francisco é um assassino, o qual pertence a máfias das discotecas, com tudo o que isso implica (basta verificar o consumo mínimo por pessoa para quem queira arriscar visitar esses estabelecimentos nocturnos, um total absurdo, e a maior parte são espeluncas que nem um cão quer entrar), e o Ratzinger afinal deve ter sido atacado pela máfia do Francisco quando esteve em Portugal, e foi invadido por esses lá no vaticano, e agora é o que se vê! Mas, também o Ratzinger não era nenhum santo (www.theguardian.com/world/2005/apr/20/catholicism.religion3).

 

Enfim só desgraças e miséria por todo o lado, e só não toma conhecimento destes doidos mafiósos vindos sabe-se lá de onde, quem não quer. Já deve haver freguesias neste país, onde se contam pelos dedos os moradores, os restantes mil, ou mais, são mascarados, e impostores. E no fundo, este grave problema de segurança territorial, demonstra o absurdo que é a administração pública, sem qualquer valor legal, sendo mais um exemplo da total ausência de segurança, uma anedota socialista. Aliás a P. S. P. é a coisa mais ridícula que existe por aqui, pois existe para vigiar a segurança pública, mas, fazer comunicações ao país, é que tá quieto, que é o mesmo que não existir, pois de que serve às populações terem esta entidade, se nada faz por eles, nem mesmo os avisar dos perigos iminentes, é o deixa andar, que recebem o mesmo no fim do mês.


comentar
publicado por Lisboeta1970-, em 09.04.14 às 20:59link do post | favorito

O SMN, ou RMMG, (em Portugal) é de 659,46 EUR, porque o salário médio europeu de 2014 é 823,30 EUR e Portugal está a pagar 80,1% desse valor (em 2014), ou seja, 823.3 x 0.801 = 659,46.

 

expresso.sapo.pt/salario-minimo-em-portugal-cada-vez-mais-longe-da-media-da-ue=f864703

 

Os patrões até podem dizer, que são 659,46 EUR x 12 meses, mas, 485,00 x 14 / 12 = 565,83 EUR, o que é inferior aos 659,46 EUR que representam os 80,1% do salário médio europeu... E ainda levamos com a fórmula da, paridade do poder de compra, mas, tal factor é exactamente o oposto, ou seja, em Portugal ainda se ganha mais, porque em termos comparativos com a média europeia, na, habitação, alimentação, etc., se é para comparar, tem de se comparar a qualidade e o valor real desse produto, ora, em Portugal, habitação em condições (não há, edificada há menos de 10 anos para 10 milhões de habitantes), é tudo prédios e moradias devolutos, com anos de construção superiores a 10 anos, ou seja, habitação para uma minoria, da alimentação nem falo, que agricultura em Portugal é do tipo quando chove ou água do rio (urina pura, a qual filtrada escorrega que é uma maravilha); ou seja, vão fazer comparações com rigor e o SMN aumenta para 5000,00 EUR mensal!

 

Depois os sindicalistas (dos amigos do alheio) querem que o Coelho (o seu chefe) "aumente" para 515 EUR o SMN, o que significa que se fôr pago esse valor, o governo do Coelho põe ao bolso (livre de taxas e impostos) cerca de 140 EUR por trabalhador por mês (dos que estão no mínimo)... Como é que se aumenta um salário de 659,46 EUR para 515 EUR?

 

sicnoticias.sapo.pt/economia/2014-04-08-mais-de-mil-pessoas-manifestam-se-em-lisboa-pela-atualizacao-do-salario-minimo;jsessionid=E5531662CAC287F75F5A8642C57ADFCF

 

Um mimo da associação criminosa, o que tais documentos demonstra:

 

www.portaldahabitacao.pt/pt/portal/legislacao/rmmg.html

 

www.portugal.gov.pt/media/803198/Retribuicao_Minima_Mensal_Garantida_2013.pdf

 

Tudo isto é feito para que andem a brincar aos doutores e socialismo, mas, às custas do dinheiro furtado aos trabalhadores... Aliás se houvesse democracia, o eleitorado votava na lista para governar e escolhia o tipo de governo a praticar, mas, não é assim, logo não existe democracia, não é o povo que ordena (são as associações criminosas ao abrigo da liberdade). No boletim tinha que estar o tipo de governo a praticar, socialista, democrático, republicano, monárquico, ditatura, etc., ou seja, escolhia-se a lista de pessoas para governar e o tipo de governo que tais pessoas usariam como regra para legislar durante o prazo estabelecido. Ainda ontem na Ucrânia, andaram à pancada no parlamento, em plena sessão, o que anula o conceito de parlamento, parlamento é para falar, não para lutar fìsicamente!

 

Só que, é tudo treta, é tudo meninos (a brincar), e não há ninguém capaz de lhes dar tareia educativa, porque a polícia são associação criminosa, porque o tribunal são associação criminosa, ou mesmo que não sejam, tais autoridades estão cheias de indivíduos que são criminosos. O furto das viaturas continua em alta, e com nova matrícula dos veículos furtados, porque os registos são aldrabados por tais polícias corruptos (ou indivíduos com acesso aos meios policiais), e assim o sistema naquele dia indica válido à alteração de matrícula, e no dia a seguir volta a estar a informar que tal veículo está em parte incerta (furtado), mas, a documentação já foi emitida e a matrícula trocada. É assim em tudo, e quando os apanham, os captores, ou são mortos, ou aceitam dinheiro para fingir que não tomaram conhecimento do esquema...


comentar
publicado por Lisboeta1970-, em 04.04.14 às 23:39link do post | favorito

Hoje, no parlamento da assembleia da república, houve um acontecimento raro, um mau cheiro invadiu o parlamento...

 

expresso.sapo.pt/porque-cheira-mal-o-parlamento=f864109#ixzz2xvjXdWJG

 

Geralmente, são os deputados que tomam banho em água contaminada (não filtrada) e que provoca a emanação fedorenta dos seus corpos moribundos! Mas, não hoje. Hoje deveu-se à presença do Coelho. O PM andou pelas áfricas, a comer e a beber coisa feita por pretinho, e deve ter levado com alguma bactéria que provoca gases no aparelho digestivo. Ou seja, o gajo peidou-se e não aguentou o próprio cheiro e colocou a mão no nariz... Chama-lhe gasóleo, chama!

 

Existe várias ocorrências que causam cheiro confuso, por exemplo, cheiro a borracha queimada pode significar epilepsia do lobo temporal, etc.; tais condições são geralmente provocadas por gases fabricados pelo exército, neste caso, cheiro a gasóleo, e tratando-se de ataque de pretos, deve ser produto russo ou americano.

 

E é assim, que um único gajo, consegue matar todos os deputados do parlamento, e suas famílias, ignorando períodos de quarentena quando se regressa de países africanos, e espalhando gases por todo o parlamento...

 

Vai lá vai, e leva a cesta!


mais sobre mim
Abril 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
22
23
24
26

27


pesquisar
 
blogs SAPO
subscrever feeds