comentar
publicado por Lisboeta1970-, em 31.05.13 às 20:51link do post | favorito

Ora, agora até claques temos na Assembleia da República...

 

Os deputados têm pouca ou nenhuma inteligência, seja nos discursos, seja nas decisões, e o facto é que ninguém os elegeu, porque não existe a equipa do PS, e a equipa do PSD, e a equipa do CDS, e a equipa do PCP, e a equipa do BE... Ou seja, votou-se em partidos políticos e não em pessoas singulares ou equipas (a equipa é sempre a mesma, o nazismo), e muito menos claques.

 

Ora, as claques, têm o hábito de destruir tudo por onde passam, e pergunto: Se as bancadas das galerias da AR estiverem danificadas teremos todos (os portugueses todos de Norte a Sul) de pagar a reparação? Mas, eu nunca entrei na Assembleia da República?!? Então, usando o mesmo princípio geral, se um português praticar homicídio, vamos todos presos!

 

Uma dívida pública superior a 200 mil milhões de euros a quem? Eu não devo nem um euro?!? Factura? Qual factura falta pagar?!? Como é o que não entendo, pois a despesa pública está sujeita ao orçamento de estado, e apenas pode atingir um duodécimo do orçamento, mensalmente, ou seja, por mês, apenas é autorizado gastar 1/12 do total previsto, conforme o Decreto-Lei n.º 20/78 de 20 de Janeiro (Artigo 2.º, limite mensal das despesas públicas)...

 

E benefícios fiscais de 250 euros por ano, e apenas se gastar mais de 9 mil euros em restauração! Só um doido é que gasta tal quantia em restaurantes, e se gasta tanto, não cabe sequer nas portas...

 

E por fim, a saúde dos portugueses, pagar IRS, pagar IVA, para ter um serviço de saúde, que geralmente não existe, ou seja, precisa de cuidados dentários, não tem (cheque dentista é falso), precisa de lavagem aos ouvidos, não tem, precisa de cuidados estéticos, não tem, ou seja, regra geral, todos os serviços que a maioria dos portugueses necessita, o serviço nacional de saúde não tem (nem com credencial).

 

Pagar? Dívida? Só se os portugueses forem doidos é que pagam impostos, para zero benefícios (ou abaixo de zero)... Ah, e se forem doidos, estão isentos de pagar impostos, porque têm doença mental, e é devido o reembolso a esses contribuintes.


comentar
publicado por Lisboeta1970-, em 29.05.13 às 20:46link do post | favorito

Quem queira ter todos os seus direitos em pleno, só existe uma maneira de o conseguir, e garanto é pior e mais eficaz que uma bala.

 

É fazer guerra, ao governo, ao fisco, e à troika.

 

Mas, como, se eles têm submarinos com míssil, e sei lá mais quê?

 

É simples, apenas é necessário, um balde com tampa, e luvas. Calça-se as luvas. Enche-se o balde. E leva-se o balde para, a manifestação, o comício, ou feira onde o político anda a fazer propaganda eleitoral, depois tira-se a tampa, e atira-se o conteúdo na cara, do político, ou opressor, de preferência quando estiver a falar, para estar com a boca aberta...

 

Depois é só largar o balde, e depois largar as luvas, enquanto foge pela multidão adentro...

 

Atenção, não esquecer, encher o balde com fezes humanas líquidas. Também, funciona balões cheios dessa mistela fedorenta, para serem arremessados...

 

Ao fim de uma semana a levarem com merda na tromba, os deputados emitirão um comunicado, de mão no nariz, a informar que vão mudar o parlamento para Bruxelas, pois lá é mais central, e assim!

 

Lol.


comentar
publicado por Lisboeta1970-, em 29.05.13 às 15:18link do post | favorito

Mau governo, mau povo, nação de fracos:

 

economico.sapo.pt/noticias/rectificativo-da-mais-300-milhoes-a-seguranca-social-devido-ao-desemprego_170187.html

 

Ora se existem cerca de um milhão de desempregados em Portugal:

 

www.dn.pt/especiais/interior.aspx?content_id=3186883&especial=Revistas%20de%20Imprensa&seccao=TV%20e%20MEDIA

 

Contas bem feitas, dá, 300 milhões a dividir por 1 milhão, ou seja, 300 euros por ano a cada desempregado, mas, como existem desempregados que recebem mais de 300 euros por mês, logo muitos desempregados ficam sem os seus 300 euros anuais...

 

Distribuição da riqueza, sim, mas, só a alguns, os outros que cuidem deles próprios, que ninguém lhes dá dinheiro, procurem comida e roupa nas instituições de solidariedade social, onde vão até para tomar um duche, etc.; aliás um mendigo, desses que não tem, pé, ou perna, ou mão, ganham mais a pedir esmola no metro, e assim, que um desempregado apto para trabalhar. Trabalho há, não há é dinheiro para postos de trabalho e salários, porque alguns trabalhadores ficam com o salário de todos à sua volta...

 

Resultado: Um país de moribundos, mortos de fome, geralmente chamados de, pelintras. Os ricos também estão moribundos, pois comem, comem tanto, que defecam muito, e o cheiro fedorento dos esgotos acaba por lhes causar enxaquecas constantes, e doenças mortais.

 

Resumindo: Quem tem dinheiro, para comer e beber bem, não encontra em lado algum, um sistema decente onde possa defecar e urinar à vontade, e com gosto!


comentar
publicado por Lisboeta1970-, em 24.05.13 às 16:23link do post | favorito

Será isto tráfico de pessoas, e ninguém acha criminoso, e até é considerado por muitos, que craque de futebol, é um bom modelo a seguir pelos miúdos (com o propósito de adquirir direitos plenos para as partes intervenientes, sem receber educação superior):

 

desporto.sapo.pt/futebol/primeira_liga/artigo/2013/05/24/m_naco_confirma_moutinho_e_james.html


comentar
publicado por Lisboeta1970-, em 24.05.13 às 14:37link do post | favorito

Agora já não se pode publicar a opinião que um indivíduo tenha sobre outro indivíduo, aliás em pleno século XXI, continuamos a levar com uma justiça que só faz aquilo que lhe pedem.

 

expresso.sapo.pt/ministerio-publico-considera-crime-palavras-de-sousa-tavares=f809321

 

Ora, existe uma grande diferença entre chamar palhaço ao Cavaco Silva, enquanto político (só faz rir), e chamar palhaço ao presidente da república, ou seja, se quando lhe chamam de palhaço estiver fora do exercício do cargo, não pode ser considerado uma ofensa ao presidente, porque o Cavaco Silva não é presidente durante 24 horas por dia, o cargo tem um horário estabelecido...

 

Aliás o Cavaco nem sequer é presidente da república, de acordo com a lei em vigor, e é por isso que a justiça falha, pois irá verificar se tal publicação é uma ofensa ao PR, mas, não irá verificar se o Cavaco é o PR...

 

O Cavaco não passa de um trabalhador, que aderiu ao movimento sindicalista, ou seja, deixou de trabalhar para lutar por melhores direitos, e um gajo, ou trabalha, ou luta, as duas coisas ao mesmo tempo não é possível.

 

Também a justiça podia acusar o Cavaco Silva de anular a democracia, impedindo os que queiram trabalhar em liberdade e segurança, de o fazer. Ele manda e o país paga.

 

O problema afinal é que chamar palhaço ao Cavaco Silva, é o mesmo que chamar-lhe trabalhador, e como não trabalha é mentira, porque o Cavaco Silva nem para exercer a profissão de palhaço serve (doente, na minha opinião, claro!)...


comentar
publicado por Lisboeta1970-, em 21.05.13 às 22:57link do post | favorito

RTP-2 quem vê, quer vêr, não, quem vê, vê, porque só está a dar merda nos outros canais...

 

Durante a manhã e a tarde é os talk-shows com as mesmas pessoas do século passado...

 

Durante a noite é as novelas, e mais novelas...

 

Durante as notícias é o socialismo, e mais socialismo, e democracia nada...

 

E quando não está a dar, talk-show, novela, política, é porque está a dar publicidade ou as tele-vendas...

 

Depois, desporto, só se fôr futebol, caso contrário passa na RTP-2... Filmes, são quase sempre os mesmos, os quais passam, às vezes, na mesma semana em diferentes canais... Ou então levamos com as intermináveis versões do, big brother (um gajo vê aquelas beldades comer, mas, não as vê defecar, e eu gostava de vêr o bundão da Kelly a defecar), casa dos segredos (podiam pôr câmaras escondidas nos cafés que era mais divertido), etc., que não passam de publicidade a vários bordéis de VIPs, espalhados pelo Algarve, e resto do país, onde os chulos, e as madames, fazem questão de mostrar que a maioria do país não faz ideia que mandam em bordéis e fazendo fomento do consumo de droga e álcool...

 

Resumindo, os profissionais, e os directores de programação, devem ser todos mandados pelo mesmo gajo, pois a porcaria que mandam passar é exactamente igual, não sendo necessário mudar de canal...

 

Chiça, e a novidade é que em 2014 será exactamente igual a 2012, tal e qual como está a ser em 2013...


comentar
publicado por Lisboeta1970-, em 19.05.13 às 23:56link do post | favorito

Eu até posso ser, estúpido, parvo, ignorante, enfim, todas essas características dos que nascem pobres e sem fartura à mesa, mas, o que eu não compreendo é a fixação das televisões nacionais nos políticos, e daqueles que já faleceram, mas, que continuam a aparecer e a vencer, nomeadamente o Álvaro Cunhal, o qual que eu saiba, não passou de um simples secretário-geral de um partido político nacional...

 

alvarocunhal.pcp.pt

 

Lá que o homem seja considerado importante para os militantes do partido, e um exemplo a seguir pelos jovens militantes desse partido, tudo bem, mas, que interessa isso para a televisão nacional?

 

Querem vêr que se eu tiver dinheiro também consigo aparecer na TV, e obrigo um país inteiro a gramar, com a minha cara feiosa, e pior ainda, com o meu feitio horrível, já para não falar de uma mentalidade vazia e banal...

 

Um gajo paga a taxa do audiovisual, outros pagam o cabo, outros pagam a fibra, e depois é isto a toda hora, políticos vivos, políticos mortos, chiça, que tudo gira em torno desses inúteis e idiotas indivíduos...

 

Será que não há gente interessante neste país?

 

Será que tudo é permitido para incomodar os telespectadores?


comentar
publicado por Lisboeta1970-, em 17.05.13 às 18:58link do post | favorito

Agora, essa multidão de corruptos, também conhecida por funcionários públicos, vai ter que passar, a ter o hábito de incluir na sua alimentação, insectos...

 

diarioagrario.blogspot.pt/2013/05/onu-aposta-em-insectos-como-alimento-do.html

 

Sim, que essa multidão de corruptos manda na gente todos, mas, quem manda neles é a ONU, essa organização que governa o mundo, e esses funcionários não trabalham para países, porque estão lá em cima, no topo, e o topo é trabalhar para o governo do mundo, que o país é coisa muito pequenina...

 

Eu cá acho que a ONU não vai andar de rabo espetado para o ar a apanhar insectos por esse mundo fora.

 

Eu cá acho que a ONU vai classificar as condutas de esgotos e lixeiras como património mundial, e fazer desses locais viveiros de insectos (porque já estão cheios deles). Ou seja, se o bicho nasce no meio do esgoto, e se passa a vida a pisar fezes, e depois é capturado e vai parar no prato da mesa dessa gente, não será o mesmo que estarem a comer merda?

 

O problema é que eu acho, que depois de provarem, nem notam a diferença, e alguns até vão gostar, simplesmente porque toda a vida comeram merda e nem vão notar a diferença (é peixe do esgoto dos rios e mares, é marisco do esgoto das rias, é hortícolas plantadas no estrume, etc.)...

 

Eu cá acho que a ONU tem fábricas, onde as fezes e urina são a matéria-prima, e produzem, pudim, chocolate, cerveja, etc., e agora vão passar a produzir, gafanhoto, barata, etc., mas, é sempre fezes e urina, só muda a forma e a cor. Mas, não tenho provas, só acho que assim faz muito mais sentido, pois passamos a vida atolados em merda!


comentar
publicado por Lisboeta1970-, em 14.05.13 às 20:38link do post | favorito

Agora o Gaspar vem dizer que os depósitos são santos e sagrados, o que significa que antes não eram, e se não eram, e passam a ser, alguém vai ter de pagar o serviço da mudança...

 

expresso.sapo.pt/depositos-abaixo-de-100-mil-euros-sao-sagrados-vitor-gaspar=f806899

 

Por outro lado, o vocábulo, sacrossanto ou sacrossanta, não existe no léxico, financeiro ou comercial, pelo que declarar verbalmente que os depósitos bancários até cem mil euros são sacrossantos, é o mesmo que dizer coisa nenhuma, e mantém-se em perigo a perda total dos depósitos monetários efectuados em bancos nacionais... Tal termo é usado pelo clero e sacerdotes, que geralmente, é verbalizado em latim (sacrosanctum)...

 

Ó Gaspar a cocaína já te deu a volta ao cérebro e só dizes asneira, e constantemente pensas em formas de ficar com o dinheiro alheio. É o vício que fala mais alto. Ora, a cocaína tem o poder de causar embriaguez permanente, similar com a embriaguez causada pela ingestão de álcool, a qual é temporária, e geralmente provoca uma desinibição total do embriagado, tipo, nudez em público, comportamento extrovertido, total ausência de impedimentos morais, ou seja, se lhe apetece fazer faz, o problema é que a cocaína causa isto tudo e mais, mas, em estado permanente, sem retorno possível à normalidade... Ó Gaspar o que fizeste tu?


comentar
publicado por Lisboeta1970-, em 09.05.13 às 00:16link do post | favorito

Só mesmo cá, Portugal em plena falência, e o que o governo decide, pagar espelhos para espiar estrelas e galáxias, ou seja, cheios de dívidas e o governo quer que os nossos cientistas estudem algo que não interessa para nada, e que ainda por cima, só estará operacional em Outubro de 2022.

 

Santa estupidez, e o Nuno Crato, lunático mor, que pensa que sabe matemática, quando o que lhe ensinaram foi a arte das contas, a qual tem o nome de contabilidade, ou seja, a habilidade de fazer contas, pois se soubesse matemática, a qual não se nasce a saber, aprende-se (se alguém lha ensinar), já teria percebido que não há cá cientistas, mas, inventores, do tipo do desenrasca.

 

Porra, gastar 1083 milhões de euros na construção e implementação do E-ELT, apenas, para conseguir receber luz a grandes distâncias, leva qualquer um a questionar a sanidade dessa gente.

 

O problema social é que essa gente não tem 1083 milhões de euros, mas, vão gastar 1083 milhões de euros de todos nós... Como se mete essa gente na prisão (antes de gastar os mais de mil milhões)?

 

expresso.sapo.pt/portugal-adere-ao-projeto-do-telescopio-optico-mais-poderoso-do-mundo=f805619#ixzz2SjIOfnx3

 

www.eso.org/public/archives/books/pdf/e-elt_constrproposal.pdf


mais sobre mim
Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
15
16
18

20
22
23
25

26
27
28
30


pesquisar
 
blogs SAPO
subscrever feeds